Orquestra Bachiana Jovem se apresenta nos CEUs


Até o mês de agosto, 15 centros educacionais participarão do projeto que escolherá 20 jovens para formação musical gratuita

Na manhã desta terça-feira, dia 29, a Orquestra Bachiana Jovem, sob regência do maestro João Carlos Martins, fez uma apresentação para um público muito especial: alunos da Rede Municipal de Ensino. Entre explicações sobre o funcionamento dos instrumentos e a execução de obras de Mozart, Beethoven e Bach, a apresentação marcou o início de uma parceria firmada entre a Secretaria Municipal de Educação e a Fundação Bachiana, que levará a música erudita a 15 Centros Educacionais Unificados (CEUs) da cidade.

O CEU Paz (zona Norte), primeiro a receber a orquestra, reuniu mais de 400 alunos matriculados em sete Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) da região. Atentos às palavras do maestro – que deu uma aula aos jovens sobre o funcionamento de uma orquestra –, dava para ver no rosto dos alunos as expressões de curiosidade com relação a um ritmo ouvido pela primeira vez por muitos e de alegria com a energia da música.

O jovem Gabriel Diego dos Santos, de 13 anos, toca bumbo na Banda da EMEF José Hermínio Rodrigues há dois anos e ficou bem atento a todos os movimentos e informações. Para ele, participar do encontro foi uma oportunidade única. “Eu gosto de música erudita, mas nunca tinha visto uma orquestra de perto. Foi muito emocionante”. Além disso, o estudante disse que ver os músicos de perto vai fazê-lo mudar durante os ensaios da banda: “Vou me dedicar muito mais, quero ser como eles.”

Durante a apresentação, João Carlos Martins chamou alguns alunos ao palco para que experimentassem a sensação de reger uma orquestra, entre eles Caroline Alves, de 12 anos, que cursa o 6º ano na EMEF do CEU Paz. Com o sorriso largo, disse que controlar o ritmo da música com as mãos é algo inexplicável. “Fiquei nervosa e emocionada ao mesmo tempo. Se eu mexia rápido, os instrumentos aceleravam, e quando eu ia devagar eles reduziam a velocidade também”, conta.

Mas não para por ai, Caroline destacou outro ponto importante: “Na aula aprendemos coisas sobre música e foi muito legal poder assistir na prática o que a professora explica pra gente”, completa. Para encerrar o encontro com os alunos da rede municipal, a Orquestra Bachiana Jovem executou o samba Trem das Onze. Embalada pela animação dos músicos, a platéia toda cantou a conhecida obra de Adoniran Barbosa e aplaudiu de pé a apresentação.

Em busca de novos talentos – Durante essas visitas aos CEUs de pontos diferentes da cidade, a Secretaria e a Fundação Bachiana desenvolverão um trabalho para identificar novos talentos musicais. Ao todo serão selecionados 20 estudantes da rede – entre 10 e 17 anos – que participarão de formação com profissionais da Fundação. Para o maestro, isso pode transformar a vida de vários jovens. “Muitos farão parte do futuro de uma plateia, outros poderão ter a música como hobby, mas sempre temos a chance de encontrar um ‘diamante a ser lapidado’”, revela.

As aulas serão individuais ou em grupo, e a definição do local será feita após a seleção dos estudantes. O deslocamento sempre será feito pelo instrutor ao local indicado, evitando, assim, que o aluno perca a oportunidade de participar do projeto por não ter condições financeiras ou alguém para levá-lo até a aula. A formação durará seis meses, e cada aluno participará de 24 aulas individuais e 12 em grupo.

Orquestra Bachiana Jovem – Realizando um trabalho na inclusão social por meio da música, a “Bachianinha” – como também é chamada – se apresenta por todo o Brasil, desde a periferia das grandes cidades até os principais teatros do país, divulgando e valorizando a música clássica. Os 40 jovens que integram a orquestra foram selecionados nas principais universidades e escolas de música do País.

Cronograma das próximas apresentações:

DATA                                 CEU

30 de junho              TRES LAGOS

22 de julho                ÁGUA AZUL

                                       SÃO MATEUS

26 de julho               SÃO RAFAEL

                                      SAPOPEMBA

27 de julho              CANTOS DO AMANHECER

                                     CASA BLANCA

28 de julho              VILA CURUÇÁ

30 de julho            ARICANDUVA

                                   TIQUATIRA

2 de agosto           JAGUARÉ

                                  PARQUE ANHANGUERA

3 de agosto          FEITIÇO DA VILA

                                  VILA RUBI

Voltar

Comentar

Enviar para amigos





Enviar para amigos

Imprimir

Assine nossa Newsletter

   Cadastrar meu e-mail   Descadastrar meu e-mail

Av. Pedroso de Moraes, 631/conj.111 | São Paulo | Brasil | CEP 05419-000 | 55 11 3814-4600 | escritorio@lufernandes.com.br